Inscrições abertas para processo seletivo de programa de qualificação para jovens

Publicado em 2 de setembro de 2013

proaj Inscrições abertas para processo seletivo de programa de qualificação para jovensAté 06 de setembro estão abertas as inscrições para o processo seletivo do Programa de Aprendizado Jovem (PROAJ), que busca a qualificação de jovens da rede pública de ensino. O projeto coordenado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) em parceria com SENAI-BA, visa aumentar a empregabilidade dos jovens de famílias de baixa renda, despertando vocações e potenciais talentos para a área de Tecnologia Informação e Comunicação (TIC). Ao todo são 432 vagas distribuídas igualmente nos turnos matutino, vespertino e noturno. Os interessados devem comparecer das 8h às 21h, na sede do Programa, localizada na Avenida Paulo VI, nº 554, Pituba. Mais informações podem ser obtidas através do telefone: (71) 3345-1419. As aulas iniciam em outubro.

 

Ao pensar em ampliar os horizontes e conquistar novas oportunidades no mercado de trabalho, Gustavo Vieira, 16 anos, estudante do 2º ano do Ensino Colégio Estadual Luiz Tarquínio, atua há cinco meses no setor de TIC. O estudante da turma piloto do PROAJ, cursou “suporte e manutenção de informática” e atualmente estagia na Justiça Federal. “O curso me propiciou uma nova visão sobre o que é tecnologia e informática. Acredito que o estudante deve se dedicar, aproveitar a oportunidade, já que a área é a que mais cresce no Brasil e no mundo”, afirma. Gustavo ainda acrescenta que, para dar continuidade aos estudos na área, pretende fazer faculdade de analista de sistemas e engenharia de telecomunicações.

 

A área de TIC se destaca como um enorme potencial de crescimento colaborando para o aumento da produtividade do País em diversos segmentos. A Associação Brasileira das Empresas de Software (Abes) estima que a indústria brasileira de tecnologia da informação (TI) deve ter a maior taxa de crescimento do mundo em 2013.

 

Depois de concluir em maio deste ano, o curso “suporte a hardware e rede” do PROAJ, Adenilton Ribeiro, 24 anos, ampliou a noção que já possuía sobre a área. Inclusive, aplicou o conhecimento adquirido nos serviços prestados pela sua empresa, Mafredine Informática, fundada em 2010. “Melhorei a qualidade, quantidade e variedade dos serviços em virtude da realização do curso”, comemora o jovem empreendedor. Ele ainda acrescenta que “a área está em expansão, já que qualquer empresa necessita de uma das áreas de TI para estar em pleno funcionamento”.

 

PROAJ – A expectativa é que, ao longo de quatro anos, o programa beneficie aproximadamente 10 mil alunos da rede pública de ensino em diversos municípios do estado. “Este programa visa aumentar a inserção dos jovens de baixa renda no mercado de trabalho, atender a uma demanda crescente de mão de obra qualificada, além de suprir uma carência na área de tecnologia” conclui Paulo Câmera, secretário de Ciência, Tecnologia e Informação.

 

Confira Também:

Dê a sua opinião: