Morte da cabeleireira Ana Paula faz um ano e crime continua impune em Simões Filho


Morte da cabeleireira Ana Paula faz um ano e crime continua impune em Simões Filho

Um ano após o assassinato de Ana Paula Silva Gomes, 24 anos, ocorrido em 26 de fevereiro de 2017, o suspeito continua foragido e ninguém foi preso. A cabeleireira foi morta dentro do seu apartamento no Condomínio Residencial Palmeiras, do Programa Minha Casa Minha Vida, no Bairro do Vida Nova, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador.

Ana Paula foi morta no mesmo local onde a gestante Dhennyfer Nocato Soares Secundo, conhecida como “Galega da Rifa”, 31 anos, foi executada na última sexta-feira (23/2).  

A 22ª Delegacia Territorial de Simões Filho, investiga o caso, mas até o momento o autor do crime permanece foragido.