A dieta anti-gripe: do limão aos alimentos que aumentam o sistema imunológico


Nos primeiros resfriadosa ameaça da gripe aparece . Por esse motivo, as defesas imunológicas do corpo devem ser fortalecidas . Para lidar com a disseminação da gripe, é necessário atuar mais na prevenção , introduzindo na dieta os minerais e vitaminas que aumentam as defesas do organismo , em especial a vitamina C, ferro e zinco , substâncias essenciais para a produção de anticorpos .

Para iniciantes, é ideal uma dieta cítrica, especialmente o limão que, além de ser um bom desintoxicante , também serve para prevenir doenças sazonais . Deve ser tomado todos os dias , sem exagerar, no entanto, por ser muito ácido, pode atacar o esmalte dos dentes, causando danos irritantes. Recomendamos tomar meio limão por dia , naturalmente orgânico , diluído em um litro e meio de água .   

Relacionado:

Uma receita contra a gripe: sopa de cebola e alho

Saiba como fazer óleo de alho caseiro: usos e receita

De fato, pequenas quantidades de vitamina C ( 60 miligramas por dia ) são suficientes para estimular as defesas imunológicas: essa substância tem uma ação anti-inflamatória , aumenta as defesas do corpo e a protege de infecções causadas por vírus e bactérias.

Também recomendamos a introdução de zinco , um nutriente importante, pois estimula a produção de anticorpos e um suprimento diário de ferro , importante para o sistema imunológico, porque a produção de anticorpos está ligada à sua ingestão adequada.

Aqui, então, em quais alimentos focar para uma correta prevenção da gripe:

– Frutas cítricas, frutas, kiwi, pimentão, tomate, brócolis, couve e couve lombarda: ricos em vitamina C, ferro e zinco, essenciais para o bom funcionamento do sistema imunológico
– Alho e cebola: além de ser rico em vitaminas e minerais , possui propriedades anti-sépticas e fluidificantes
– Limão: usado como curativo no local ou em adição ao vinagre, facilita a absorção do ferro presente em outros alimentos, o que aumenta as defesas naturais contra resfriados, dores de garganta e tosse.
– Caril, colorau e pimenta:executam uma ação vasodilatadora que promove a transpiração e a consequente estabilização da temperatura corporal e são fontes naturais de um importante ingrediente ativo anti-inflamatório, ácido acetilsalicílico
– Caldo: se suficientemente quente, cria vasodilatação e, portanto, beneficia as vias aéreas superiores irritadas, criando um efeito fluidificante
– Água e chás de ervas: especialmente infusões de rosa mosqueta, que contêm vitaminas, zinco, flavonóides e taninos, ou chás de ervas quentes adoçados com mel.

Veja também:

Gripe? aqui está o que acontece se você beber leite quente com mel