Balanço de atendimento da Policlínica de Simões Filho aponta satisfação dos usuários


Simões Filho
Foto:Edgard Copque

O balanço detalhando do primeiro mês de funcionamento da Policlínica de Simões Filho na Região Metropolitana de Salvador, foi entregue ao secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, na última  quarta-feira (08), pela presidente do Consórcio Moema Gramacho. 

No documento estão descritos, além dos detalhes de atendimento, o resultado da pesquisa de índice de satisfação que ouviu 2.186 pacientes que se consultaram com especialistas ou realizaram exames e procedimentos no mês inaugural.  

De acordo com informações dadas pela presidente do Consórcio que administra a Policlínica, o questionário apresentou índices positivos para transporte, estrutura e atendimento dos profissionais de saúde e da recepção alcançando satisfação de mais de 99% dos entrevistados. “O nível de satisfação da população demonstra que a Policlínica está sendo um sucesso. Ainda estamos no início dos atendimentos e os ajustes necessários já foram resolvidos para que todos os procedimentos sejam realizados a partir desta semana”, destacou Moema.  

No primeiro mês as especialidades médicas disponibilizadas foram angiologia, cardiologia, cirurgia geral, dermatologia, endocrinologia, gastroenterologia, ginecologia, mastologia, neurologia, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia e urologia. Exames: ecocardiograma, ultrassonografia, mapa, mamografia, raio-X, ressonância magnética e tomografia. “Mesmo sendo um mês com muitas festas, a procura pelos serviços da unidade pela população foi muito satisfatória”, pontuou a presidente do Consórcio responsável pela unidade médica. 

Os dados do balanço também foram apresentados  pela presidência do Consórcio e diretoria da Policlínica para os prefeitos e representantes dos municípios de Camaçari, Conde, Dias D’ Ávila, Lauro de Freitas, Simões Filho e Mata de São João que integram a associação. 

O equipamento oferece exames como Raio X, tomografia, ressonância magnética, ecocardiograma, ultrassom, MAPA, endoscopia, densitometria óssea, holter e outros. Entre as consultas endrocrinologia, cardiologia e dermatologia são as que tiveram maior número de atendimento. Ao todo foram 1.421 pessoas atendidas nas 15 especialidades e 765 pacientes realizaram algum tipo de exame ou procedimento na unidade. 

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, os números demonstram a consolidação deste modelo de equipamento. “O conceito dos consórcios regionais tem mudado a maneira de enxergar o sistema de saúde estadual. É um modelo que tem se tornado cada vez mais uma referência de sucesso em todo o Brasil. É referência porque muda o paradigma entre os municípios, diminui os atritos e cria uma nova visão do sistema de saúde, em que todos se sentem parte do processo”, afirma.

Os agendamentos para procedimentos na Policlínica Regional são realizados na Regulação de cada município que integra o consórcio. Os pacientes são transportados para o equipamento em ônibus climatizados, com acessibilidade e wif-fi.

 

Por Giovanna Reyner