Chuva causa estragos em Camaçari; Prefeitura registra 20 ocorrências


Chuvas em Camaçari
Foto: Divulgação

A forte chuva que atinge toda Região Metropolitana de Salvador já causou alguns estragos na cidade de Camaçari nesta terça-feira 26.

Diante da frente fria que atinge o município, a Prefeitura de Camaçari, através da Defesa Civil, órgão vinculado à Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), se mantém alerta e de plantão para atender qualquer chamado de emergência. A previsão é que o tempo continue chuvoso durante o dia e à noite até quinta-feira (28/11).

De acordo com o órgão, a temperatura fica com mínima de 22° e máxima de 28°, ventos de 21 km/h e com previsão de volume pluviométrico de 15 mm.

 

O que diz a Defesa Civil

 

Desde as 3h da madrugada desta terça-feira (26/11), a Defesa Civil está atendendo as ocorrências que foram registradas. De acordo com Ivanaldo Soares, coordenador do órgão, 20 chamados já foram realizados e um dos primeiras referia-se a uma queda de árvore sobre uma fiação, atingindo um poste no bairro Natal, próximo à Chácara do Padre.

 Segundo ele, entre os registros, está ainda uma casa que foi alagada no bairro Alto da Bela Vista, em Jauá, e outras duas ocorrências de alagamento nos bairros Nova Vitória e Verde Horizonte.

“Dentro das ocorrências registradas, estamos com uma média de 15 alagamentos entre Parafuso e Jauá, entre redes de esgoto entupidas e casas localizadas em áreas mais baixas.O volume de água foi grande, mas nós estamos em alerta e preparamos nossa estrutura com equipamentos, além de reforçarmos o Call Center para atender possíveis chamados”, disse, acrescentando que conta com a colaboração de todos.

O coordenador chama a atenção da população para adotar alguns comportamentos que podem evitar acidentes nesse período. “Eu peço aos munícipes que não estacionem carros debaixo de árvores ou próximo de bueiros, e que não joguem lixo nas ruas para que as bocas de lobo não entupam”, concluiu.

Em situações de emergência, a população deve acionar a Defesa Civil através do telefone 199. A ligação é gratuita. As pessoas podem ligar ainda para (71) 3622-7755 ou para o celular corporativo (71) 98796-9858. O atendimento funciona em regime de plantão, 24 horas por dia.