Coelba abre novo processo seletivo para vaga de emprego em Salvador


Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (COELBA) abriu um processo seletivo para vaga de emprego em Salvador. De acordo com as informações divulgadas pela agência de recrutamento e seleção, interessados podem se candidatar nesta sexta-feira (06).

Ainda segundo o RH, a vaga oferecida é para o cargo de Analista de Infraestrutura que deverá realizar as seguintes atividades:Definição e gestão dos servidores de aplicação dos sistemas críticos relacionados, com sistema operacional Windows ou Linux;Criação e gestão de servidores de Diretório Ativo; Execução do processo de compra para implementação das soluções planejadas (incluindo escrever Especificação Técnica, realizar análise técnica, alinhamento com fornecedores e Suprimentos e preenchimento de documentação necessária para todo o processo de compra) entre outras inerentes ao cargo.

 Os candidatos devem atender aos requisitos: Formação em Análise de Sistemas / Sistemas da Informação / Eng. Telecom / Eng. Elétrica / Eng. Computação / Afins; Experiência com administração de infraestrutura de TI (Servidores High e Low End, Ambientes virtuais e hiperconvergentes, etc…); Experiência em sistemas operacional Windows e Linux; Experiência em participação de projetos internacionais; Excel Avançado; Habilitação categoria B e Inglês Avançado;

A empresa oferece contrato: indeterminado, salário compatível com o mercado; Vale transporte; Ticket alimentação e/ou refeição; Plano de saúde e odontológico; Gym Pass; Seguro de vida; Previdência privada e Auxílio dependente (para filhos até 10 anos).

Processo seletivo

O processo seletivo consiste em cinco etapas que são: Período de Inscrições, Triagem Curricular, Avaliação Técnica e Entrevista.

Inscrições

Interessados em concorrer à vaga devem realizar as inscrições até o dia 17/09/2019 no site Vagas.Com, responsável pelo recrutamento e seleção de pessoal..

História da Coelba

A história da Coelba começa no dia 28 de março de 1960, data da sua criação. Na época, a energia elétrica, na Bahia, era fornecida pelas prefeituras municipais e algumas companhias, inclusive uma estadual que atendia a Salvador e parte do Recôncavo. No primeiro ano de existência, a Coelba atendia a 21 localidades.
Ao longo de sua trajetória, a empresa foi incorporando os serviços prestados pelas prefeituras e as demais concessionárias existentes, a exemplo da Companhia Elétrica Rio de Contas – CERC. Ao completar 10 anos de existência, a Coelba inaugurou a terceira unidade da Usina Hidrelétrica de Funil e incorporou o sistema de Correntina, mantido pela Sulvale.
Em 1973, a Companhia de Energia Elétrica da Bahia – CEEB, empresa atuante no estado desde 1929, foi integrada à distribuidora. No ano seguinte, foi criada a Fundação Coelba de Assistência e Seguridade Social – Faelba, importante instrumento de realização da política de valorização de pessoal da empresa. Em 1977, a Coelba comemorou a ligação do cliente número 500 mil.