Comando Geral da Polícia nega greve e garante que policiamento está mantido em toda a Bahia


 

FOTO: Reprodução

Na tarde desta terça-feira 8, um grupo de policiais militares anunciaram greve  por tempo indeterminado de toda categoria. A notícia se espalhou rapidamente pelas redes sociais e deixou a população em estado de alerta.

 A informação sobre a greve surgiu depois de uma assembleia realizada por lideres da Associação dos Policias e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (ASPRA). Os PMs estariam reivindicando melhorias no Plansev, plano de carreira e reajuste do benefício da Condição Especial de Trabalho (CET).

A Secretaria de Segurança Pública (SSP), através do comandante Geral da PM, Coronel Anselmo Brandão se pronunciou de imediato e negou que a paralisação da polícia baiana  garantindo que os policiais continuaram nas ruas. O comandante geral disse ainda, que a suposta paralisação era fruto da decisão de um ‘pequeno grupo’  dentro da corporação formado principalmente por policiais da reserva que a tropa continuaria nas ruas e a população poderia ficar tranquila.

“Não existe estado de greve, a Polícia Militar continua atuando nas ruas e pode confiar em todos nossos serviços”, disse Anselmo

O comando da Polícia Militar garante que a situação está normal nesta quarta-feira 9, que as viaturas seguem fazendo as patrulhas de rotina em todo estado. A Polícia  garante ainda, que está realizando um policiamento ostensivo em toda Bahia e afirma que a população deve manter sua rotina normalmente.  A  PM reforça que o responsável pelas operações nas ruas é o Quartel do Comando Geral, que está pronto para atender a todas as demandas da sociedade.

VEJA VÍDEO: