Debates e propostas marcam segundo dia da Conferência de Saúde em Simões Filho


om a participação dos diversos segmentos da sociedade, a Prefeitura de Simões Filho realiza segundo dia da Conferência Municipal de Saúde e participantes debateram “Democracia e Saúde: Saúde como direito, consolidação e financiamento o Sistema Único de Saúde (SUS)”, nesta quinta-feira (4).

Neste segundo dia, os conferencistas debateram três subeixos: Saúde como Direito; Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e o Financiamento adequado e suficiente para o SUS.

“Esse é o maior evento de saúde. Nesses dois dias, conseguimos unir com total apoio do poder público, diversos segmentos da sociedade, usuários, profissionais e gestores de saúde, para através do diálogo e debate, fortalecer a rede de proteção do SUS”, pontuou José Carlos, presidente do Conselho Municipal de Saúde.
A secretária interina de Saúde, Poliana Venas destacou que o momento contribui diretamente para o fortalecimento do SUS e que ter casa cheia é gratificante. Na oportunidade, destacou sobre a importância do financiamento do sistema de saúde.
“Nós estamos vivenciando a 6ª Conferência, um momento de debate, mas principalmente de construção e fortalecimento do SUS. Coletivamente construímos um relatório que será encaminhado para o encontro estadual, indicando os pontos de melhorias que contribuem diretamente para o desenvolvimento de políticas públicas, com metas e ações que beneficiem diretamente ao povo como um todo. Ressalto ainda, que precisamos continuar na luta por um financiamento adequado e que dignifique o Sistema”, pontuou.
A Conferência Municipal tem como objetivo avaliar e propor diretrizes da política para o setor público e discutir temas específicos para propor novas diretrizes da política de saúde. Na oportunidade, os presentes elegeram os delegados e suplentes que representarão a cidade na etapa regional. ( Ascom)