Deputa Kátia solicita construção de Hospital de Referência da Pessoa Idosa


Em indicação encaminhada ao governador Rui Costa, a deputada  Kátia Oliveira (MDB) sugeriu a construção do Hospital de Referência da Pessoa Idosa em Salvador e a implantação de núcleos especializados em saúde da população idosa nas policlínicas regionais do estado.
Divulgação/AgênciaALBA

Ao justificar o pedido, a parlamentar lembrou que o número de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos na Bahia já ultrapassou a marca de dois milhões de indivíduos, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada em novembro de 2017.  “As projeções do IBGE indicam que, até 2030, serão três milhões de idosos residentes no estado”.

Ela lembrou que o rápido envelhecimento populacional, atrelado a diminuição da taxa de fecundidade dos casais, está modificando a pirâmide etária da sociedade baiana e trazendo novos desafios aos governantes, “sobretudo no tocante a oferecer serviços públicos específicos para a melhor idade, com a finalidade de garantir o envelhecimento saudável e em condições de dignidade, conforme preconiza a Lei Federal nº 10.741/2003, popularmente conhecida como Estatuto do Idoso”.
Para a emedebista, e a atenção à saúde da população idosa deve ter nível máximo de prioridade pelo Estado, em decorrência do aspecto social e econômico envolvido. O periódico Cadernos de Saúde Pública, elaborado pela Fundação Osvaldo Cruz, observou ela, aponta que 50% da população idosa têm renda pessoal menor que um salário-mínimo, enquanto o gasto médio mensal com remédios compromete, aproximadamente, um quarto dessa renda.
“Consequentemente, se não houver uma ação concreta do Estado para subsidiar os gastos de saúde dessa parcela da população, a sociedade brasileira estará condenando os idosos a morte ou a condição de pobreza extrema, tendo em vista o comprometimento do orçamento familiar advindo dos gastos crescentes com remédios, consultas, exames e tratamentos médicos”, acredita Kátia Oliveira.
Na avaliação dela, é de fundamental importância que o Governo do Estado acolha essa indicação realizando a construção do Hospital de Referência da Pessoa Idosa em Salvador, a fim de viabilizar o acesso aos procedimentos de alta complexidade, sobretudo cirurgias, internamentos e serviços de alta tecnologia. “Este equipamento contribuirá de forma decisiva na assistência à saúde dos idosos baianos, sobretudo aqueles que não possuem condições financeiras que possibilitem arcar com os custos de um plano de saúde”.