Homem é preso após roubar mil calcinhas de lojas e varal da vizinhança


homem
Foto: Reprodução

Um homem, de 41 anos, foi preso acusado de ter roubado 1.045 calcinhas e 45 sutiãs de lojas e de varal dos vizinhos. No momento da ação policial, o suspeito foi encontrado usando uma das peças.

Ainda segundo a polícia, as roupas íntimas estavam escondida em um quarto, em diversos locais (debaixo da cama, dentro do colchão e no guarda-roupas). As peças, novas e usadas, eram de várias cores e modelos. Ele roubava as peças de cercas, varais e lojas da vizinhança.

De acordo com a PM, foi a segunda vez que ele foi preso pelo mesmo crime. Em 2015, o homem furtou 301 peças íntimas.  O caso aconteceu  em Turmalina, cidade no interior de Minas Gerais.

A polícia mineira recebeu diversas reclamações de mulheres relatando furtos de calcinhas. Porém, muitas vítimas não registraram boletim de ocorrência por medo, receio ou vergonha. 

Ao ser questionado, o homem não deu detalhes sobre os furtos, apenas disse que cometia o crime em vários locais. Ele foi encaminhado para delegacia.

“A Polícia Militar foi até a residência dele, no Bairro São João Batista, para darmos cumprimento a um mandado de prisão por furto. Durante as buscas, encontramos as peças íntimas”, afirmou o tenente André Dale.