Homicida é preso por reconhecimento facial no metrô de Salvador


Reconhecimento facial identifica mais um criminoso. (divulgação)

Um homem acusado de cometer um homicídio na região metropolitana de Salvador  foi preso, na noite de sábado (10), após ser flagrado pelo sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública, que apontou 98% de semelhança.

Makennas Almeida Correia, 33 anos, teria passado por uma estação de metrô, onde foi localizado por policiais militares. Este é o 48° alvo do banco de dados da SSP reconhecido pelo sistema, na Bahia.

Após ser detido, Makennas foi encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil que iniciou o protocolo de identificação humana com suporte do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Depois destes procedimentos, o acusado realizou exame de corpo de delito e seguiu para o sistema prisional onde cumprirá prisão preventiva.