Jair Bolsonaro volta a criticar Macron no Twitter


(reprodução)

Poucos minutos depois de a imprensa brasileira noticiar que o presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou esperar que os brasileiros “venham a ter um presidente que se comporte à altura do cargo”, o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o chefe do Executivo francês em sua conta pessoal no Twitter.

“Não podemos aceitar que um presidente, Macron, dispare ataques descabidos e gratuitos à Amazônia, nem que disfarce suas intenções atrás da ideia de uma ‘aliança’ dos países do G-7 para ‘salvar’ a Amazônia, como se fôssemos uma colônia ou uma terra de ninguém”, escreveu o presidente.

Macron havia sido questionado sobre a reação do presidente Jair Bolsonaro a um comentário em que um seguidor da sua página no Facebook postou fotos dos chefes de Estado com suas respectivas primeiras-damas, afirmando que o mandatário francês teria inveja de Bolsonaro porque sua esposa é 24 anos mais velha do que ele.

“Outros chefes de Estado se solidarizaram com o Brasil, afinal respeito à soberania de qualquer país é o mínimo que se pode esperar num mundo civilizado”, finalizou Bolsonaro na rede social.

Por: Estadão