Leilão beneficiará Obras Sociais de Irmã Dulce em Simões Filho


Foto: Divulgação

As Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) serão beneficiadas com o leilão da CowParade – maior evento de arte a céu aberto do mundo, que tem como objetivo democratizar a arte através da inclusão cultural. Os lances para arrecadar uma das vaquinhas assinadas por artistas visuais baianos já podem ser dados no site cowparade.com.br. O arremate das esculturas acontecerá dia 21 de novembro, às 20h, na Pupileira.

“É com muito orgulho que a CowParade Brasil irá cumprir mais uma etapa da sua missão social em Salvador. As nossas vaquinhas soteropolitanas serão leiloadas em prol de duas instituições de grande importância para cidade e mais uma vez irão fazer o bem, ajudando a comunidade. Estou muito feliz, pois essa doação está coincidindo com o ano em que a Irmã Dulce foi consagrada santa e com um ano de muitas transformações também para o Hospital da Criança Martagão Gesteira”, declarou Catherine Duvignau, sócia-diretora da Toptrends, empresa organizadora.

No Brasil, o projeto já arrecadou e doou mais de R$ 6 milhões para ações sociais. Ao redor do mundo, mais de 10 mil artistas já participaram da CowParade e estima-se que mais de 500 milhões de pessoas tenham visto uma das esculturas. No total, mais de US$ 35 milhões foram levantados para entidades beneficentes através do leilão das peças.

LEILÃO
Foto: Reprodução

O recurso obtido com o leilão CowParade será destinado para as atividades de arte-educação do Centro Educacional Santo Antônio (CESA), um dos 21 núcleos de atendimento da OSID. Localizada no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador, a unidade, fundada em 1964 por Irmã Dulce, nasceu como um orfanato no qual a freira baiana abrigava meninos sem referência familiar. Em 1994, tornou-se uma escola em tempo integral, com foco na qualidade do ensino básico, sendo hoje uma referência na adoção de boas práticas de gestão alinhadas com princípios de excelência na área educacional.

Em parceria com as Secretarias de Educação do Estado da Bahia e do Município de Simões Filho, o CESA atende cerca de 780 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Com um modelo de ensino que engloba do primeiro ao nono ano (Ensino Fundamental I e II), o Centro oferece ainda acesso à arte-educação, iniciação profissional, atividades esportivas, assistência odontológica, alimentação, fardamento e material escolar gratuitos.