Mototaxista é assassinado com mais de 100 tiros em Salvador


Mototaxista morto  no Tancredo Neves
Sidney Santos, morto no Tancredo Neves (reprodução)

Um grupo de homens armados executou um mototaxista de 36 anos na noite desta terça-feira (19), no bairro de Tancredo Neves, em Salvador. Conforme registro na Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o crime aconteceu por volta das 19h40, na Rua da Paraíba, em frente a Padaria do Edy, que fica próximo ao final de linha.

Um morador que presenciou o homicídio contou que foram mais de 100 disparos de arma de fogo. “Chegaram, cercaram ele e começaram a pocar. Ele virou peneira mesmo, o rosto todo desfigurado. Véi, eu escutei mais de 100 tiros. Tinha umas 20 cabeças. Teve um que recarregou a arma várias vezes, ele sabia que o cara fava morto, mas continuava atirando”, disse.

O mototaxista  foi identificado como Sidney Santos Cruz e era conhecido na região como Sid. Ainda de acordo com populares, o rapaz não era envolvido com a criminalidade. As possíveis causas ainda são desconhecidas e o caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mototaxista morto  no Tancredo Neves
Mototaxista morto no Tancredo Neves (Leitor Fala Simões Filho)