O que você precisa saber antes de beber suco de noni


Remédio popular polinésio apresenta certos riscos à saúde

O suco de noni é obtido a partir do fruto da árvore noni ( Morinda citrifolia ), encontrada no Taiti, Havaí, sudeste da Ásia, Austrália e Índia. Embora o suco de noni seja usado há séculos na medicina tradicional, seu uso está sob escrutínio devido a riscos potenciais e alegações de saúde não suportadas. 1

Também conhecida como amoreira indiana, a árvore noni é apreciada por sua casca, usada para fazer corantes vermelhos e amarelos para roupas e batik. Além dos frutos da árvore noni, os caules, folhas, casca e raiz da árvore noni também são usados ​​para a medicina.

A fruta Noni às vezes é chamada de fruta de queijo por causa de seu cheiro forte e sabor amargo. É mais frequentemente usado como alimento de fome e não como alimento básico de uma dieta regional.

Benefícios para a saúde

O suco de Noni tem um longo histórico de uso em culturas nativas, onde acredita-se tratar constipação, diarréia, infecções de pele e feridas na boca. As folhas da planta também são frequentemente aplicadas na pele para ajudar na cicatrização de feridas. O suco de Noni é conhecido por ser rico em vitaminas, minerais e antioxidantes essenciais (compostos que impedem os radicais livres de danificar as células). 

Noni tornou-se popular na década de 1990, quando o suco foi fortemente promovido como uma bebida saudável. Em 1992, uma forma desidratada da fruta foi introduzida nos Estados Unidos por Herbert Moniz, da Herb’s Herbs, que produzia suplementos em pó e em cápsulas.

Profissionais alternativos atribuíram o suco noni com uma infinidade de benefícios à saúde, incluindo o tratamento de diabetes, pressão alta, distúrbios menstruais, doenças cardíacas, úlceras gástricas, depressão, aterosclerose, HIV e câncer. Atualmente, não há evidências para apoiar nenhuma dessas reivindicações.

Com isso dito, vários estudos menores sugeriram que o suco de noni pode ser benéfico para certos grupos, principalmente fumantes e pessoas com osteoartrite.

Tabagismo e inflamação

Os efeitos anti-inflamatórios do suco de noni são frequentemente exagerados pelos fabricantes de suplementos. Há um grupo, no entanto, no qual o suco de noni pode exercer benefícios tangíveis, como fumantes. 

estudo de 2012 da Universidade de Illinois relatou que beber 29,5 a 188 mililitros de suco de noni por dia durante 30 dias reduziu significativamente os níveis de colesterol, triglicerídeos e inflamação em fumantes em comparação com um placebo.O efeito foi visto como maior em fumantes pesados ​​com inflamação crônica grave (conforme medido pelo teste de proteína C-reativa ).

As descobertas, embora promissoras, não sugerem que o suco de noni possa atenuar os efeitos do fumo ou que o suco de noni possa render benefícios semelhantes em não fumantes. Mais pesquisas são necessárias.

Possíveis efeitos colaterais

Há algum debate sobre a segurança do suco de noni para uso médico. Embora seja provavelmente seguro quando consumido como bebida, há preocupações de que o uso excessivo de suco de noni ou seu extrato possa causar danos ao fígado.

A planta noni contém antraquinonas, compostos considerados hepatotóxicos (tóxicos para o fígado) e cancerígenos. Houve vários relatos confirmados de lesão hepática, incluindo hepatite e insuficiência hepática, atribuídos ao consumo de noni. 

Instituto Nacional de Saúde aconselha atualmente contra o uso de suco de noni em pessoas com doença de fígado, incluindo hepatite C crônica e hepatite B . O suco de Noni é rico em potássio e deve ser evitado por pessoas com doenças renais, cardíacas e hepáticas, além de tomar diuréticos poupadores de potássio , inibidores da enzima de conversão da angiotensina (ECA) ou bloqueadores dos receptores da angiotensina (BRA). Isso pode levar à hipercalemia (níveis excessivamente altos de

Da mesma forma, se você tiver distúrbios hemorrágicos ou estiver tomando anticoagulantes como Coumadin (varfarina) ou Plavix (clopidogrel), evite usar o noni, pois isso pode retardar ainda mais a coagulação do sangue. O suco de Noni também é rico em açúcar e deve ser usado com cautela em pessoas com diabetes.

Noni também pode interagir com outros medicamentos e tratamentos, como fenitoína , a enzima hepática UGT (uridina 5′-difosfo-glucuronosiltransferase) e quimioterapia e radioterapia. Devido à falta de pesquisas de segurança, o noni não deve ser usado em mulheres grávidas, nutrizes ou crianças.

Dosagem e Preparação

Não há diretrizes direcionando o uso apropriado de suco de noni. Um estudo publicado em 2009 descobriu que o suco de noni é seguro até 300 ml por dia.

Normalmente obtido a partir da fruta noni do Taiti ou do Havaí, o suco noni está disponível em muitas lojas de alimentos naturais, geralmente em formas de suco pasteurizado ou fermentado . O Noni também pode ser encontrado na forma de pó, comprimido, extrato ou cápsula, on-line ou em lojas de suplementos alimentares. O suco e os suplementos de Noni destinam-se apenas a uso a curto prazo.

O que procurar

Os suplementos alimentares não são rotineiramente testados em termos de qualidade ou segurança no Brasil. Como regra geral, escolha suplementos de fabricantes conhecidos com presença de marca estabelecida. Tente não se deixar levar pelas alegações de saúde que podem ou não ser verdadeiras. Se estiver comprando suco ou extrato de noni, verifique quanto açúcar ele contém. O suco de Noni é naturalmente amargo; portanto, o suco geralmente é adoçado com açúcar, xarope de agave ou outro adoçante natural ou artificial.

Outras perguntas

Onde você pode encontrar frutas noni frescas?

A menos que você viva no Havaí, no Caribe ou em alguma outra região tropical como o Brasil, é improvável que encontre frutas noni na feira de sua cidade. Se o fizer, você pode descascá-lo e comê-lo cru (se você puder suportar o gosto amargo). Outras pessoas gostam de adcionar adoçantes.  A fruta está madura quando é levemente macia e tem uma casca levemente amarelada.

Algumas pessoas acreditam que o suco noni fermentado é inerentemente mais saudável e o tornará em casa ao longo de seis a oito semanas. A menos que você saiba como pasteurizar adequadamente o suco fermentado, é melhor ficar com os sucos engarrafados nas lojas.