Operação da PF contra fraudes no INSS cumpre mandado de prisão em Camaçari


FOTO: Camaçari Notícias

Nesta quarta-feira 9, a Polícia Federal, em ação conjunta com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, cumpriu três mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão na Bahia, Alagoas, Sergipe e Pernambuco. A operação busca desarticular uma quadrilha especializada em fraudes contra o INSS.

Na Bahia, a PF esteve em Salvador e também cumpriu mandato de prisão na cidade de  Camaçari, Região Metropolitana de Salvador. De acordo com informações do portal CN1, os policiais federais estiveram no conjunto residencial Praia da Penha, no bairro Ponto Certo. Os agentes permaneceram em um dos apartamentos até às 7h50, quando deixaram o local levando um homem que não teve a identidade revelada.

Segundo a Polícia Federal, a estimativa é de que as fraudes tenham gerado prejuízo de mais de R$ 7 milhões aos cofres públicos. A PF informou que foram detectados pelo menos 140 benefícios fraudados. O número pode aumentar conforme o avanço das investigações.

Ainda segundo a PF, os envolvidos irão responder por diversos crimes, dentre eles integrar organização criminosa, estelionato previdenciário, uso de documento falso, falsidade ideológica e falsificação de documento público, com penas que, se somadas, podem chegar a mais de 30 anos de prisão.