Perseguição, tiroteio e morte em Simões Filho


Suspeito que estava em um carro roubado trocou tiros com a Rondesp.

Uma perseguição e um intenso tiroteio, antecedido de um atropelamento deixaram moradores, motoristas e trabalhadores apavorados, por volta das 20h desta segunda-feira, na Avenida Elmo Serejo Farias, na altura do bairro Ponto Parada, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador.

A confusão, além de interromper o trânsito em um dos horários mais movimentados do dia, resultou na morte de um suspeito, e deixou um motociclista ferido, apavorando pedestres que passavam pelo local.

A perseguição teve início quando policiais que estavam realizando Rondas Especiais, próximo a Upa do Cia, avistaram o veículo Astra, que tinha as mesmas caracteristicas do sinalizado pelo Centro Integrado Integrado de Comunicação (Cicom),  com homem em situação considerada suspeita. A polícia solicitou que o suspeito parasse o carro, mas ele não atendeu, o que deu início a perseguição.

Ao verificarem que o carro estava em situação de roubo, os policiais militares saíram no encalço do motorista.

Atropelado

Na perseguição, o suspeito, de acordo com a Rondesp, começou a atirar contra a viatura. Os tiros foram revidados pelos policiais.

Na frente do Condomínio, nas imediações do Cemitério São Miguel,  o suspeito perdeu a direção do carro e atropelou dois  motociclistas que passavam pela via.

A essa altura, sem condição de controlar o veículo, o acusado tentou fugir a pé entrando por uma área vegetativa. Na fuga, ele continuou atirando contra os policiais, que revidaram. Na troca de tiros, o bandido foi baleado. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Simões Filho, mas não resistiu.

Leia outras notícias

Os motociclistas foram atendido pelo Samu e encaminhado a exames na Unidade Médica da cidade, pois queixava-se de dores nas pernas. De acordo com a Rondesp, o bandido atirou quatro vezes contra a corporação.

Curta a nossa página no Facebook