Presidente da Câmara de Simões Filho critica governo da Bahia por causa da questão da saúde


A questão da saúde em Simões Filho virou motivo de atrito entre o Poder Legislativo do município e o governo da Bahia. Presidente da Câmara Municipal, o vereador Genivaldo Lima fez um apelo ao governador Rui Costa por causa demora nas transferências de pacientes internados no Hospital Municipal para tratamentos mais complexos na rede pertencente à administração estadual.

Foto: TV Fala Simões Filho

 

Segundo o parlamentar, pessoas estão morrendo no Hospital Municipal devido à demora na regulação. O vereador disse que o governador não pode olhar para questões políticas quando vidas estão em jogo.

“Nós estamos pedindo ao governador [Rui Costa] que olhe com carinho, não para a política, mas para o povo de Simões Filho. Não tem o porquê de ele estar fechando as portas para Simões Filho. São vidas que estamos perdendo na cidade por causa da regulação”, disse o parlamentar à TV FALA SIMÕES FILHO.

Genivaldo explicou que os vereadores e o prefeito Diógenes Tolentino estão abertos ao diálogo com o governo baiano. O vereador fez críticas à administração estadual por causa dos problemas envolvendo a saúde.

“O prefeito está de portas abertas para o auxílio do governo do estado. Se fizer um levantamento, vai ver que a dificuldade aumentou de uns dois meses para cá. Estamos em um país democrático e não pode chegar aqui um governo fazer o que está fazendo. O governo precisa ter mais sensibilidade com o povo de Simões Filho”, apontou.

Recursos para a saúde

De acordo com o vereador, o governo da Bahia possui recursos para fazer melhorias pela saúde de Simões Filho e esse valor não vem sendo utilizado. O parlamentar espera que os recursos venham a ser utilizados para o município.

“O governo não pode nem alegar falta de recursos. O deputado Paulo Azi conseguiu com o Ministério das Cidades quase R$ 13 milhões e encaminhou ao estado para fazer obras em Simões Filho. Mas não foi feito nada em Simões Filho. Não sei por que esse ódio com Simões Filho. Nós fazemos a nossa parte e esperamos que o governo faça a parte dele”, acusou.

Sobre o que a administração municipal vem fazendo na questão da saúde, Genivaldo explicou que o prefeito Diógenes Tolentino está buscando recursos em Brasília para melhorias no setor. O parlamentar enumerou algumas ações já realizadas na cidade.

“O prefeito Dinha tem cobrado muito ao governo do estado para contribuir para essas obras. Infelizmente, não tem acontecido mais. Quando vê que o estado não estão ajudando, ele busca com o governo federal com os deputados federais com emendas. Muitas coisas estão acontecendo, como o Tomógrafo, o centro de diagnóstico e as ambulâncias. Dinha está se movimentando. Quando o governo do estado não está contribuindo, ele está buscando com o governo federal. Mas eu tenho pedido para que o governador libere as verbas para Simões Filho. Não é para trabalhar para Dinha, mas para o povo de Simões Filho”, explicou.

Veja a matéria completa: