Presidente da Câmara restringe estacionamento irregular na Praça da Bíblia, em Simões Filho


Com o uso irregular do estacionamento, o presidente da Câmara proíbe a permanência de veículos em lugares fora do espaço apropriado

Foto: divulgação.

 

O vereador Orlando de Amadeu (PSDB), novo presidente da Câmara de Simões Filho, decidiu proibir o estacionamento irregular de veículos na Praça da Bíblia, que fica localizada próxima ao Legislativo Municipal, no Centro do município.

O motivo que leva a proibição de estacionamento, é o grande acúmulo de veículos, de todos os portes, que estacionam próximo a sede do Legislativo Municipal, dificultando o acesso de pedestres no local. No espaço que era utilizado como passagem de pedestres, diversos motoristas subiam e estacionavam em cima da praça de forma irregular, gerando transtornos e riscos à população.

“Não aceitarei de forma nenhuma veículos estacionarem no local onde as pessoas frequentam, e as providências estão sendo tomadas no sentido de proibir o estacionamento de forma irregular”, declara Orlando.

Como promessa de campanha na disputa em 2018 pela presidência da Câmara, Orlando já havia reivindicado solução para resolver a situação ilegal no local próximo ao edifício do Paço Municipal que servia de parada de veículos particulares e proibir a tal conduta e prática por parte de alguns condutores sem amparo legal.

Assim, o presidente da Câmara decidiu a proibição de estacionamento irregular de veículos particulares, de todos os tipos, através de placas indicativas ou de sinalização e correntes. Com a decisão, fica permitido somente o estacionamento de veículos no fundo da praça, que é o estacionamento oficial da Câmara de Simões Filho. Mesmo com as restrições, o chefe do Legislativo deixa livre o acesso aos pedestres.

Orlando de Amadeu defende uma proposta de ordenamento dos estacionamentos públicos, localizados no centro de Simões Filho, identificando os locais específicos para motos e carros. Também as vagas preferenciais para deficientes físicos e idosos em benefício da população.