Reconhecimento Facial flagra primeira criminosa foragida em Salvador


A tecnologia moderna de Reconhecimento Facial, pioneira na Bahia, flagrou, na noite de sábado (13), a primeira mulher em Salvador foragida da Justiça. Eliene Santos Correia, 39 anos, foi capturada na Estação Rodoviária, após alerta do sistema da Secretaria da Segurança Pública.
Fonte: Ascom/Alberto Maraux

Foragida por envolvimento direto com tráfico de drogas, na região da Boca do Rio, Eliene foi acompanhada pelas câmeras da SSP. Quando o sistema apontou 98% de semelhança com a foto da criminosa, no banco de dados policial, uma equipe da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Pernambués) foi acionada.

A dupla de militares conduziu Eliene até a Central de Flagrantes onde foi realizada a identificação da foragida. Acompanhando ela, tinha um homem que cumpre pena em regime semiaberto. Como não havia irregularidade, ele foi ouvido e liberado.
“Nosso efetivo trabalha 24h e em sintonia com as guarnições da PM e equipes da PC, nas ruas. Esse trabalho integrando tecnologia e agilidade nos garante o bom desempenho da ferramenta”, disse o superintendente de Telecomunicações da SSP, coronel Antônio Carlos Silva Magalhães.