“Se acontecer alguma coisa comigo foi a PM”, diz Kannário em desfile no Campo Grande


Mal dava para ver o chão durante a passagem da pipoca de Igor Kannário nesta segunda-feira, 24. No repertório, sucessos do artista como “Maloqueiro Ousado” e “Kannário tá chegando” animaram os “Kannarianos”, que acompanhavam empolgados o artista.

“Essa é a pipoca da favela, do povo discriminado, e que não deve nada pra ninguém”, disse o cantor levando o povo ao delírio.

No entanto, o desfile também contou com um momento polêmico, quando Kannário chamou um policial de “bunda mole” e afirmou que se passasse por algum problema a culpa seria da polícia.

“Venha me tirar daqui de cima, seu bunda mole. Se acontecer alguma coisa comigo a culpa é da Polícia Militar”, declarou.