Secretaria de Educação do Estado vai apurar agressão a professor em Simões Filho


Depois da lamentável notícia sobre a agressão sofrida por um professor do Colégio Estadual Manoel de Jesus, ocorrida na noite da última terça-feira 19, em Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador a Secretaria de Educação do Estado se manifestou sobre o assunto.

Em nota a Secretaria Estadual informou quais as providências foram tomadas pela direção do Colégio no momento da agressão e salientou que abrirá um processo de sindicância para apurar a situação. A nota informou ainda que todo corpo docente do Colégio irá se reunir para decidir as medidas que serão adotadas sobre o caso.

Até o momento a aluna não se apresentou a polícia. A estudante  identificada como Silvânia Pinto de Oliveira, de 21 anos, é acusada de deferir golpes com uma maçaneta no professor Carlos Roberto de Jesus, de 43 anos, que leciona na unidade de ensino há cerca de um ano.

O educador registrou boletim de ocorrência e deve prestar depoimento ainda hoje na 22ª Delegacia Territorial.não se apresentou na delegacia da cidade.

 

Veja Nota da Secretaria de Educação do Estado:

 

“Em relação ao ocorrido no Colégio Estadual Manoel de Jesus, em Simões Filho, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia esclarece que: 
  • A agressão ocorreu após discussão entre a estudante e o professor.
  • A direção da escola acionou a Polícia Militar e registrou boletim de ocorrência na delegacia.
  • O professor foi atendido no Hospital Municipal de Simões Filho e foi liberado.
  • A direção reunirá o colegiado escolar para definir as medidas a serem adotadas e a Secretaria da Educação do Estado abrirá um processo de sindicância para apurar a situação.