Senai abre 3,2 mil vagas para cursos técnicos na Bahia; inscrições abertas


O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI BA abriu inscrições em processo seletivo com 3.280 vagas para cursos técnicos. De acordo com as informações divulgadas no portal da escola, 100 vagas são destinadas aos candidatos do Programa de Bolsas de Estudo.

Ainda segundo o Senai, as oportunidades estão disponíveis nos municípios de Alagoinhas; Camaçari; Feira de Santana; Ilhéus; Juazeiro; Lauro de Freitas; Salvador (Unidades: CIMATEC e Dendezeiros); Serrinha e Vitória da Conquista.

Os cursos oferecidos são Automação Industrial; Desenvolvimento de Sistemas; Edificações; Eletromecânica; Eletrotécnica; Logística; Manutenção Automotiva; Mecânica; Mecatrônica; Petroquímica; Qualidade; Química; Redes de Computadores; Segurança do Trabalho e Biotecnologia.

O edital com a lista completa de cursos, vagas disponíveis e valores das mensalidades para cada município, dentre outras informações podem ser consultados no site do processo seletivo.

Quem pode realizar inscrições?
As bolsas serão destinadas a estudantes que tenham obtido pontuação média de 550 pontos ou mais no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e que declararem baixa renda. Podem ser utilizadas as notas dos Exames de 2018, 2017, 2016, 2015 ou 2014. Estes candidatos podem realizar a inscrição até o dia 18 de junho.

Já os candidatos que vão concorrer ao programa de bolsas, o prazo para se inscrever vai até o dia 7 de julho, gratuitamente, através do site.

Sobre o Senai

As ações de qualificação profissional realizadas pelo SENAI formaram 73,7 milhões de trabalhadores em todo o território nacional, desde 1942. Esse resultado só foi possível porque o SENAI aposta em formatos educacionais diferenciados e inovadores, que vão além do tradicional modelo de educação presencial, em suas 541 unidades fixas e 452 unidades móveis em 1,6 mil municípios brasileiros. O SENAI também capacita e forma profissionais em cursos a distância, que estão à disposição do estudante 24 horas por dia, sete dias por semana.

Um exemplo das ações móveis do SENAI são os barcos-escola Samaúma I e II, que percorrem os rios da Amazônia e levam formação profissional aos moradores das cidades ribeirinhas.Além de oferecer educação profissional de qualidade para os brasileiros, o SENAI, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, opera oito centros de formação profissional no exterior – em Angola, Cabo Verde, Guatemala, Guiné Bissau, Jamaica, Paraguai, São Tomé e Príncipe, Timor Leste – e um centro de tecnologia ambiental no Peru.

O SENAI também estimula a inovação da indústria por meio de consultoria e incentivo às ações das empresas com o desenvolvimento de pesquisa aplicada e serviços técnicos e tecnológicos que são decisivos para a competitividade das empresas brasileiras.