Sérgio Moro diz que decisão que pode libertar Lula deve ser respeitada


Uma decisão do Supremo Tribunal Federal, que pode libertar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, deve ser respeitada, disse o ministro da Justiça do Brasil, Sergio Moro, nesta sexta-feira.

O Supremo Tribunal do Brasil decidiu na quinta-feira encerrar a prisão obrigatória de criminosos condenados depois que eles perderam seu primeiro recurso. A decisão politicamente carregada poderia libertar Lula, como é conhecido o ex-presidente, que atualmente está atrás das grades por corrupção.