Simões Filho: Cooperativa reajusta valor da tarifa de transporte para R$ 3,00


(reprodução)

A Cooperativa que administra o sistema de transporte alternativo de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), reajustou o valor da tarifa do transporte no último domingo 05. A tarifa que custava  R$ 2,50 passou a custar R$ 3,00. Os moradores da cidade que utilizam o transporte público foram pego de surpresa.  

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), o aumento na tarifa ocorreu sem autorização do Prefeito Diogénes Tolentino e sem que a Semob tivesse conhecimento sobre o assunto.

Já o presidente da Cooperativa justificou o reajuste da tarifa dizendo que há cinco anos não é feito nenhuma alteração no valor, porém, muitas coisas que o sistema de transporte precisa para continuar operando tem sofrido aumento.

Nas ruas a população tem se mostrado insatisfeita com o aumento da tarifa, principalmente porque o sistema de transporte da cidade não vem prestando um bom serviço nos últimos anos. Tendo em vista que a maioria dos moradores que precisam do transporte público, são obrigados a recorrer ao serviço irregular conhecido como “ligeirinho”, para se deslocar de um bairro para outro.

Em entrevista ao programa Bahia no ar, o Secretário da Semob Jackson Bonfim informou que na tarde desta -terça feira 07, vai se reunir com representantes da Cooperativa para pedir explicações sobre o reajuste feito sem autorização prévia da Prefeitura de Simões Filho. Vale salientar que para haver reajuste de tarifa de transporte é preciso que haja autorização do gestor da cidade e uma discussão prévia sobre o assunto na Câmara de vereadores, para que para que o aumento seja aprovado.

Jackson disse ainda, que orienta a população a continuar pagando o valor de  R$ 2,50 na tarifa e salientou que “ não ver necessidade no aumento do valor, visto que não houve uma melhoria da frota”, pontuou o secretário.