Suspeito de balear três pessoas no Circuito Osmar é preso em Salvador


Segundo a SSP, homem foi encontrado pela polícia por causa do GPS da tornozeleira. Após crime, ele fugiu do circuito. Vítimas já tiveram alta médica.

O homem suspeito de atirar em três pessoas na noite de segunda-feira (24), no Circuito Osmar (Campo Grande), o mais tradicional do carnaval de Salvador, foi preso nesta terça (25), no bairro de Pernambués, na capital baiana. Conforme a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o autor do crime usava uma tornozeleira eletrônica.

Segundo informações da SSP, equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Superintendência de Inteligência (SI) da SSP e do Departamento de Inteligência Policial (DIP) iniciaram as investigações após testemunhas dizerem que o autor do disparo usava o equipamento.

De acordo com o órgão, as equipes pediram um apoio para o setor de inteligência prisional da secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado da Bahia (Seap). Com acesso ao GPS das tornozeleiras, a polícia encontrou um homem que estava na região onde aconteceu os disparos e no mesmo horário do crime.

A SSP informou que o GPS também apontou que o suspeito saiu do circuito logo depois do horário dos disparos. Equipes dos órgãos procuraram ele em bairros como Itapuã e Sussuarana até encontrá-lo em Pernambués.

Ainda segundo a SSP, o suspeito foi encontrado com uma fantasia idêntica a usada pelo autor do disparo. A arma usada no crime não foi encontrada. A polícia acredita que o suspeito escondeu o equipamento no circuito.

Caso

Vítimas foram levadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, mas já tiveram alta — Foto: João Souza/ G1Vítimas foram levadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, mas já tiveram alta — Foto: João Souza/ G1

Vítimas foram levadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, mas já tiveram alta — Foto: João Souza/ G1

O caso ocorreu na altura da região do São Bento, próximo ao Relógio de São Pedro. O governo da Bahia chegou a informar que um policial que estava fora de serviço era o suspeito de ter feito os disparos durante uma briga.

Por causa dos ferimentos nas pernas, as três pessoas foram atendidas em um posto de saúde do próprio circuito e depois transferidas para o Hospital Geral do Estado (HGE). Apesar disso, conforme divulgado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), na manhã desta terça-feira (25), as vítimas já foram liberadas do hospital.

Foliões e cordeiros brigam durante passagem de Rafa e Pipo Marques

Foliões e cordeiros brigam durante passagem de Rafa e Pipo Marques

Na segunda-feira (24), alguns cordeiros do bloco Coruja, comandado por Ivete Sangalo, brigaram com foliões no bairro de Ondina. Durante a briga, um dos cordeiros usou um garfo para ameaçar os foliões e foi para cima das pessoas.

Já no domingo (23), cordeiros, ambulantes e foliões protagonizaram uma enorme briga. Não há detalhes sobre a motivação. Os envolvidos na briga usaram cadeiras, sombreiros e pedaços de madeiras para agredir outras.

No dia 21 de fevereiro, um jovem de 25 anos ficou ferido após ser atingido por diversos chutes e cotoveladas no Circuito Dodô (Barra – Ondina). A vítima afirma que foi vítima de homofobia.

 G1 Bahia.