Suspeitos de roubar e matar policial em Camaçari são presos


A polícia divulgou os nomes dos três suspeitos de envolvimento na morte do policial militar Renato Medeiros, na última segunda-feira (04), em um restaurante na Gleba C, em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. As informações são do CN1.

 Segundo a polícia, Leonardo da Silva Ferreira, de 22 anos, e Gilvan Alisson Rebouça Araújo, de 19 anos, foram presos nesta quinta-feira (07), no conjunto residencial Parque das Algarobas, no bairro Santa Maria. Segundo a polícia, Leonardo foi encontrado com 28 pedras de crack. Já Gilvan foi preso, com 51 pinos de cocaína. De acordo com a polícia, ele foi o autor dos disparos que atingiram o policial.

SUSPEITOS
Gilvan (sem camisa) teria efetuado disparos que mataram o policial (Foto: Ascom/PC)

Cid Ronald Carvalho da Paz Júnior, de 19 anos, também foi encontrado no Algarobas, porém, segundo a polícia, teria atirado contra a guarnição e na troca de tiros, acabou sendo alvejado e morreu no local. Ele estaria com um revólver calibre 38 com numeração raspada.

Na delegacia, os dois rapazes confirmaram o crime e disseram que não sabiam que o homem morto era um policial. De acordo com informações da polícia, todos os envolvidos têm passagem pela polícia. Os suspeitos permanecem custodiados na 18ª Delegacia Territorial de Camaçari.