Vereador defende legalização do transporte alternativo em Mata


É no ponto de ônibus, próximo ao Parque da Cidade em Mata de São João, que se concentra os ‘transportes alternativos’ que fazem viagens para os municípios de Dias d’Ávila e Camaçari. O serviço considerado rápido, ao mesmo tempo que supre a carência de transportes coletivos que rodam apenas de uma em uma hora, contará com o projeto de lei que pretende legalizar a atividade no município.

Em entrevista à Radio Laser FM, Pastor Sandro (PRB) avaliou a proposta que regulamenta o serviço. “Já confeccionei o projeto, está pronto e já dei entrada na Câmara, será lido na próxima terça-feira (30). É um projeto que vai tornar o serviço de transporte alternativo de Mata, os conhecidos como ‘ligeirinhos’ legalizado”, destaca.

Segundo o vereador, caso a lei seja sancionada pelo prefeito, o serviço será administrado pela prefeitura. “Esses rapazes desenvolvem um serviço muito importante, pois se assim não fosse, não teriam clientes. Eles atuam em cima de uma deficiência do transporte público que faz a linha Mata X Dias d’Ávila / Mata X Camaçari e vice e versa”, completa.

Um motorista do transporte alternativo vibrou com a notícia da possibilidade de tornar legal a atividade antiga no município. “É uma luta antiga dos motoristas em prol da valorização da atividade que precisa de uma lei que regule, pois fazemos um serviço rápido e eficiente”, ressalta Jackson Barros, que trabalha na prestação do serviço há 10 anos.

Para uma usuária do sistema alternativo, o projeto de lei fortalece o serviço e garante mais segurança ao passageiro. “É uma forma de valorizar e proporcionar maior segurança aos passageiros que optam por viajar de maneira mais rápida”, destaca uma passageira que preferiu não se identificar. ( Fonte)