Vocalista do Sorriso Maroto se afasta do grupo para operar o pulmão


O vocalista Bruno Cardoso, do grupo de pagode Sorriso Maroto, vai precisar se afastar dos vocais mais uma vez para tratar a saúde. Desta vez, não se trata da miocardite que o fez deixar os palcos anteriormente. Ele vai se internar nessa sexta-feira (9) para operar o pulmão após sofrer um derrame na pleura diagnosticado recentemente. A informação foi confirmada pelo próprio Bruno à colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Foto: Divulgação

A banda emitiu um comunicado explicando a situação em detalhes. Leia na íntegra:

“A banda Sorriso Maroto comunica que será preciso adiar os shows marcados até o final de agosto, e as primeiras apresentações de setembro. Bruno Cardoso, vocalista do grupo, precisa passar por um procedimento para solucionar um problema de derrame na pleura (água na pleura) diagnosticado recentemente, em decorrência de fortes dores musculares nas costas.

Há quase um mês, o cantor tem feito shows e apresentações com dores musculares e, procurando um diagnóstico, detectou essa alteração no pulmão. O procedimento é simples, não tem relação com a miocardite recém-tratada e praticamente curada por Bruno e será feito nesta sexta-feira, dia 9. O repouso recomendado será de aproximadamente um mês e a volta aos palcos está prevista para a primeira quinzena de setembro.”

Ainda no comunicado, Bruno explica o que aconteceu. “De acordo com meu médicio pneumologista, Rafael Pottes, será um procedimento simples, mas necessário. O tempo de recuperação é rápido e eu estou muito feliz em poder resolver essas dores que tanto me incomodam, ainda mais com as recentes notícias de evolução na melhora do coração. Em breve estou de volta aos palcos, melhor que antes”, concluiu.

Por Correio